segunda-feira, 29 de maio de 2017

Crise institucional provoca a saída do Secretário Adjunto



O governo prefere virar a página, mas as constantes brigas internas entre o Chefe de Gabinete Major Edmar e o ex-Secretário Adjunto, Robson Lucas foi estopim para o pedido de exoneração do AGE.

Os ânimos acirraram-se quando o Dr. Robson se posicionou contrário quanto a forma de condução das negociações com as entidades de classe.

Contrário à posição do militar, que insistia veementemente em trazer coisa pronta para a mesa de discussão com as entidades, o Dr. Robson começou a incomodar quando sugeria a participação da parte interessada.

Entenda o caso:

O Chefe de Gabinete, Major Edmar, criou uma série de protocolos militares na pasta, dentre eles, limites de acesso aos assuntos interesses da classe, como a Lei Orgânica e a Identidade Funcional. Para o militar esses assuntos são de governo e não de classe - posição clara na penúltima reunião do Comitê.

Conduzindo a pasta na clássica visão militar, onde "praça é praça e oficial é oficial", "limitando o convívio em alojamentos diferenciados", alicerçado no categórico CUMPRA-SE, o Chefe de Gabinete com plenos poderes cansou o ex-Secretário Adjunto.

Com o a saída do Dr. Robson o caminho está livre para o militar. Certamente os nossos pleitos encontrará barreiras e muita procrastinação.

A quem interessa um Sistema Prisional forte?

Historicamente nunca vimos um oficial da ativa encabeçando pleito de agente penitenciário, pelo contrário, o militar Chefe de Gabinete pregador da valorização em nome do Secretário, engavetou a nossa Lei Orgânica e desconfigurou a nossa Identidade Funcional.

Por essas razões o Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciários não aceitará interlocução do senhor Major Edmar nos assuntos referentes a pauta de reivindicações da categoria. Nesse mesmo entendimento, buscaremos a intervenção do Governo nos impasses trazidos pelo Chefe de Gabinete da SEAP.

Adeilton de Souza Rocha
Presidente

sexta-feira, 26 de maio de 2017

SINDASPMG NÃO VAI MAIS NEGOCIAR COM O GOVERNO DE MINAS GERAIS

🚨 *SINDASP-MG EM AÇÃO* 🚨

*SINDASP-MG anuncia fim das negociações com o Governo na Mesa de Negociação Sindical*

Representantes sindicais de diversas categorias estiveram reunidos hoje (26.05) em mais um encontro da Mesa de Negociação Sindical com o Assessor de Negociações Sindicais da SEPLAG Carlos Calazans e da Subsecretária de Planejamento e Gestão Warlene Salum. Mais uma reunião "vazia", sem soluções ou notícias relevantes.

Na oportunidade, o Presidente do SINDASP-MG Adeilton Rocha anunciou que não participará mais do Comitê Permanente de Entidades de Classe dos Servidores do Sistema Prisional sob o comando do Major Edmar, chefe de Gabinete da SEAP: "Não vamos negociar com alguém autoritário, que não ouve a categoria e apenas quer impor suas decisões", afirmou Adeilton.

O Presidente também ja avisou o Assessor que a categoria irá para o embate. Segundo ele, com todas as pautas paradas, sendo elas 90% administrativas sem impactos financeiros, a categoria nao vai aceitar mais a indiferença do Governo: "Se vocês têm armas, nós também temos. Se vocês têm coragem, nós também temos. E nós somos muitos", enfatizou Adeilton.

Durante o encontro, a única novidade, que sequer atinge os Agentes Penitenciários, foi o aumento de R$5,00 no vale-alimentação dos servidores, que o Diretor do Sindpublicos Geraldo classificou como insignificante perto da dívida do Governo para com o servidor que está há mais de quatro anos sem aumento de salário.

Por fim, o Assessor disse que irá se reunir mensalmente com todas as entidades e também periodicamente com cada categoria.

Adeilton informou que a categoria já está com tolerância zero e que não irá mais esperar que destas reuniões saiam soluções.

Doação de sangue em prol dos alunos da E.E Dilermando Costa Cruz, turma 2C

 


AO REALIZAR SUA DOAÇÃO, DIGA QUE É REFERENTE A GINCANA DOS ALUNOS DA ESCOLA ESTADUAL DILERMANDO COSTA CRUZ, TURMA 2 C.

terça-feira, 16 de maio de 2017

VITÓRIA DO SINDASPMG, AGENTES PENITENCIÁRIOS TERÃO NOVA IDENTIDADE FUNCIONAL EM PAPEL MOEDA


 O SINDASPMG AINDA COBRA A SUBSTITUIÇÃO DA COR PREDOMINANTE VERMELHO, PELA COR VERDE, ESSA DEMANDA SERÁ LEVADA AO CONHECIMENTO DO SECRETÁRIO DA SEAP/MG.

 

quinta-feira, 11 de maio de 2017

PENITENCIÁRIA DE SEGURANÇA MÁXIMA⚡ DE FRANCISCO SÁ SOFRERÁ INTERVENÇÃO DO GOVERNO DE MG




�🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨�🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨
PENITENCIÁRIA DE SEGURANÇA MÁXIMA⚡ DE FRANCISCO SÁ SOFRERÁ INTERVENÇÃO DO GOVERNO DE MG


_Chegou hoje à tarde, às 16h, na cidade de Montes Claros o COPE, Comando de Operações Especiais do Sistema Prisional, com cerca de 100 homens._ O intuito da _vinda do grupo_ _especializado se deu para tentar salvar o que ainda resta da Penitenciária de Francisco Sá, por meio de uma Intervenção e troca de_ _comando da referida unidade. Agora, para uma melhor compreensão fática, um pouco de História. A Penitenciária de Francisco Sá foi referência nos últimos anos, sob o comando do antes Diretor Pedro de_ _Araújo Maia. Porém, com a mudança de eixo político na_ _esfera  estadual, ocorreram mudanças nas gestões e há cerca de dois anos, quem é o responsável pelo gerenciamento da_ _Penitenciária é o senhor Cláudio Alves. No período em que o referido diretor geriu a penitenciária, notou-se que houve uma queda brusca na qualidade dos_ serviços _prestados e o domínio da unidade por facções criminosas.O que antes era modelo a ser seguido, hoje é modelo de não aplicação em termos política criminal e de ressocialização . Por fim, a Intervenção está prevista para começar amanhã afim de restabelecer a disciplina e a ordem que outros tempos regiam a Penitenciária de_ _Francisco Sá. Ha rumores_ _que o presídio Alvorada e Regional serão os próximos a passar por mudanças, tendo em vista que não_ estão em _situação diferente da Penitenciária​ de  Francisco Sá._


 MOC NEWS NOTICIAS     EM PRIMEIRO LUGAR

domingo, 7 de maio de 2017